Acendimento da Chama Crioula é transferido para 2022

21 de maio de 2021 • Cidades, Estado, Eventos, Tradicionalismo, Últimas Notícias • Visualizações: 245

O acendimento e a distribuição da Chama Crioula, que marcam todos os anos a abertura dos Festejos Farroupilhas no Rio Grande do Sul, foram transferidos para 2022. No ano passado, o acendimento também precisou ser adiado devido à pandemia de Covid-19.

A definição ocorreu em reunião on-line, na noite de ontem (20), entre o presidente interino, César Oliveira, com os membros do Conselho Diretor do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). A decisão prorroga mais uma vez o calendário dos locais de acendimento da Chama Crioula e mantém o município de Canguçu, 21ª Região Tradicionalista, como local do evento, para o ano que vem.

De acordo com o vice-presidente Campeiro do MTG, Adriano Pacheco, as 30 Regiões Tradicionalistas poderão realizar o acendimento e distribuir a Chama Crioula dentro de suas áreas de atuação, porém atendendo todos os protocolos sanitários de acordo com as prefeituras e secretarias de saúde.

Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *