Comércio e restaurantes podem funcionar no sábado

1 de abril de 2021 • Cidades, Economia, Estado, Últimas Notícias • Visualizações: 297

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou nesta quinta-feira flexibilizações para o feriado de Páscoa. As atividades não essenciais, que inluem o comércio e os restaurantes, estão liberadas para funcionar somente neste sábado, das 5h até as 20h. Nesta sexta e no domingo, no entanto, a suspensão foi mantida. 

A iniciativa, tomada após uma reunião com o Gabinete de Crise, atende uma série de demandas de integrantes dos setores de turismo, gastronomia e comércio do Estado, que nos últimos dias se manifestaram e até se reuniram com integrantes da administração de Leite. 

“Estamos liberando o comércio não essencial para trabalhar no próximo sábado, até as 20h, acolhendo um pedido dos setores econômicos ligados ao consumo da Páscoa. Será uma abertura pontual e cuidadosa, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária. A liberação será autorizada apenas para o sábado. Na sexta-feira e no domingo, portanto, segue a restrição porque, apesar da leve melhora de alguns indicadores nos últimos dias, ainda estamos em bandeira preta e o risco imposto pela Covid-19 à população gaúcha é elevadíssimo”, esclareceu o governador governador Eduardo Leite em um vídeo divulgado nas redes sociais.

Independentemente das regras locais, as atividades como comércio de produtos não essenciais só podem funcionar entre 5h e 20h nos dias úteis e excepcionalmente neste sábado (3/4). Para restaurantes e lancherias, o horário limite para atender clientes de forma presencial é 18h nos dias úteis (incluindo este sábado), não podendo abrir nos demais dias. O atendimento pode ser feito nas modalidades de take away (pegue e leve) e drive-thru entre as 5h e 20h em todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados. 

Supermercados 

Para os supermercados, o limite de funcionamento é 22h em qualquer dia da semana. Todos os serviços podem operar em modo delivery (tele-entrega). As atividades essenciais, como farmácias, clínicas médicas, postos de combustíveis, entre outros, não têm restrição de horário.

Parques temáticos, de aventura, jardins botânicos, zoológicos e museus, entre outros espaços de cultura e lazer, seguem proibidos de receber público externo na bandeira preta e na vermelha (limite para quem está em cogestão) em qualquer dia da semana. A permanência em praias, praças e parques urbanos também segue restrita e estão liberados apenas para atividades físicas individuais.

Restrições estendidas até 9 de abril 

Segundo Leite, a restrição de horários das atividades econômicas, que começou no dia 20 de fevereiro e que terminaria no dia 4 de abril, foi estendida para o dia 9 de abril. A medida está mantida também nos dias úteis, entre 20h e 5h. O Gabinete de Crise do governo do Estado ainda irá realizar novos encontros para discutir as medidas de prevenção. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *