Itália celebra bicentenário de Anita Garibaldi no Brasil

30 de agosto de 2021 • Cultura, Destaque, Eventos • Visualizações: 263

Como parte das comemorações dos 200 anos do nascimento de Anita Garibaldi, a embaixada italiana em Brasília e os Institutos Italianos de Cultura de São Paulo e Rio de Janeiro disponibilizarão, em seus respectivos canais no YouTube, de forma totalmente gratuita, uma série de iniciativas culturais dedicadas à “Heroína dos Dois Mundos”.

Já a partir desta segunda-feira (30), será disponibilizado ao público, pelo canal do YouTube do Instituto Italiano de Cultura de São Paulo, o ciclo de conferências “Anita Garibaldi e o seu tempo”. Produzido em colaboração com o Instituto para a história do Risorgimento Italiano, o ciclo apresenta três encontros conduzidos por especialistas da vida de Garibaldi e do Risorgimento.

A primeira conferência, intitulada “Rivoluzione e contro-rivoluzione tra Atlantico e Mediterraneo”, conta com a participação do diretor do Instituto para a história do Risorgimento Italiano, professor Carmine Pinto.

A intervenção de Pinto será precedida de uma introdução feita pelo embaixador da Itália no Brasil, Francesco Azzarello, o qual ressaltará a importância de Garibaldi na defesa de ideais ainda fundamentais na sociedade contemporânea, tanto no Brasil como na Itália.

O segundo encontro (“Os patriotas italianos na revolução dos Farrapos, 1835-1845”) e o terceiro (“Heroína dos dois Mundos. Anita Garibaldi entre a história e o mito”) serão conduzidos respectivamente por Alessandro Bonvini, pesquisador da Scuola Superiore Meridionale da Universidade de Nápoles “Federico II”, e por Silvia Cavicchioli, professora da Universidade de Turim.

Anita Garibaldi, batizada com o nome de Ana Maria de Jesus Ribeiro da Silva, nasceu em 31 de agosto de 1821 na cidade de Laguna, Santa Catarina. Mãe de quatro filhos, a revolucionária estava grávida de seis meses e doente quando faleceu, em 4 de agosto de 1849, aos 27 anos.

Por participar de importantes revoluções no Brasil, como a Guerra dos Farrapos, e na Itália, onde lutou pela unificação do país sob a forma de uma república, Anita ficou conhecida como “a heroína de dois mundos”.

Sempre ao lado do marido e revolucionário Giuseppe Garibaldi, ela travou batalhas também no Uruguai e na França, países onde é recorrentemente homenageada. Com a derrota dos farrapos em Santa Catarina, Anita fugiu com o marido para o Uruguai e, mais tarde, para a Itália, onde também enfrentou o campo de batalha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *