Grávida é morta a tijoladas, bebê é retirado de sua barriga e amiga confessa o crime

28 de agosto de 2020 • Polícia, Últimas Notícias • Visualizações: 1407

O corpo de uma mulher foi encontrado na manhã desta sexta-feira (28) em uma cerâmica desativada em Canelinha/SC. Segundo a Polícia Civil, Flavia Godinho Mafra estava grávida, foi morta a tijoladas e tinha cortes na barriga provocados por estilete. A suspeita é que uma amiga da vítima tenha feito uma emboscada para cometer o assassinato e ficar com a recém-nascida. Ferida, a bebê foi levada a um hospital pelo marido da suspeita. Ambos foram presos.

O delegado Paulo Alexandre Freisleben da Silva disse que a mulher confessou o crime e que ele foi premeditado. 

A bebê foi internada no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis. Segundo uma amiga da vítima, o nascimento da menina estava previsto para 22 de setembro.

A vítima estava desaparecida desde a tarde de quinta-feira (27). Segundo o delegado Paulo Alexandre Freisleben da Silva, ela teria sido levada até o local do crime por Rozalba Grimm, que é amiga da vítima.

Fonte: G1

Foto: Reprodução/Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *