Governo do Estado mantém Marau na bandeira vermelha

30 de junho de 2020 • Camargo, Casca, Cidades, Destaque, Economia, Ernestina, Gentil, Ibirapuitã, Itapuca, Marau, Montauri, Nicolau Vergueiro, Nova Alvorada, Passo Fundo, Santo Antônio do Palma, São Jorge, Saúde, Tio Hugo, Vanini, Vila Maria • Visualizações: 84

O governo do Estado não acatou os recursos protocolados por Marau e pela Ampla (Associação dos Municípios do Planalto) e manteve a região em bandeira vermelha. O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira pelo governador Eduardo Leite.
Entre as principais atividades que já tinham retomado o funcionamento com critérios de segurança, as novas regras serão as seguintes:

  • Comércio de rua (não essenciais) – fechado para atendimento ao público, sendo permitido apenas pelas modalidades de tele-entrega, pegue e leve e drive-thru;
  • Varejistas (shopping e centros comerciais): somente tele-entrega e drive-thru. Serviços essenciais possíveis (mercados, farmácias, pets);
  • Restaurantes a la carte: podem funcionar apenas por tele-entrega e sistema pegue e leve;
  • Buffets: fechados;
  • Lanchonetes/padarias: tele-entrega e pegue e leve – vedado o atendimento presencial;
  • Educação: Ensino remoto. Exceção para Ensino Médio e Superior – Ensino Médio Técnico Subsequente, Ensino Superior e Pós-Graduação, que poderão fazer atendimento presencial restrito (somente atividades práticas essenciais para conclusão de curso: pesquisa, estágio curricular obrigatório, estágio curricular obrigatório, laboratórios e plantão);
  • Academias de ginástica (inclusive em clubes): atendimento individualizado, por ambiente (mínimo de 16 m² por pessoa), com um aluno por professor;
  • Oficinas mecânicas: presencial restrito, por hora marcada;
  • Comércio Veículos/Concessionárias: vedado atendimento presencial;
  • Igrejas: limite de 30 pessoas, respeitando o teto de ocupação;
  • Indústrias: 75% dos trabalhadores, incluindo construção civil;
  • transporte coletivo: ônibus podem circular com 50% da capacidade e todos os passageiros sentados.
    Todas as regras e restrições por atividades podem ser consultadas no site do plano de distanciamento controlado do Estado, pelo site distanciamentocontrolado.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *