Concurso Regional de Prendas e Peões iniciou neste domingo no CTG Felipe Portinho

24 de junho de 2019 • Cidades, Destaque, Marau • Visualizações: 69

Prova artística acontecerá no próximo fim de semana no CTG Pedro Vargas em Carazinho

O Departamento Cultural da 7ª Região Tradicionalista realiza nos dias 23, 28 e 29 de junho, o Concurso Regional de Prendas e Peões 2019 – fase regional. O evento iniciou neste domingo (23), quando aconteceu a prova campeira, no CTG Felipe Portinho. A prova artística acontecerá no próximo fim de semana, sexta-feira e sábado, dias 28 e 29, no CTG Pedro Vargas, em Carazinho.

O tema definido para o Concurso Regional de Prendas e Peões neste ano é: “Nos trigais da existência semeando a essência”. O resultado do 32º Entrevero Cultural de Peões e da 50ª Ciranda Cultural de Prendas será divulgado durante o fandango de encerramento do evento, na noite de sábado (29), na sede do CTG Pedro Vargas.

Os locais das provas são definidos de acordo com a entidade dos últimos peões e prendas. O CTG Felipe Portinho, de Marau, é a entidade do atual peão Farroupilha da 7ª RT, Leonardo do Amarante Pinheiro e o CTG Unidos pela Tradição Rio-Grandense, de Carazinho, é a entidade da atual 1ª Prenda da 7ª RT, Alessandra Hoppen. No entanto, o evento em Carazinho acontecerá no CTG Pedro Vargas por motivos de estrutura.

Confira quem são os concorrentes do CTG Felipe Portinho no Concurso Regional de Prendas e Peões 2019:

Gabrielly Ribeiro, 10 anos, começou sua vida tradicionalista no ano de 2013, com 4 anos e 6 meses de idade, no CTG Sentinelas do Pago, onde iniciou na Invernada pré-mirim. Logo após começou na oficina de Danças de Salão e mais tarde ingressou na parte Cultural, onde participando dos Concursos internos dessa entidade conquistou as seguintes faixas: 3° Prenda Pré-mirim do CTG Sentinelas do Pago 2014/2015 e 2ª Prenda Pré-mirim do CTG Sentinelas do Pago 2015/2016. Em agosto de 2016 começou a frequentar o CTG Felipe Portinho, na Invernada pré-mirim e fazer também a oficina de Dança de Salão, onde conquistou vários troféus nessa categoria juntamente com os peões que dançavam com ela. Em 2018 ingressou na parte cultural dessa Entidade, onde no concurso interno de Prendas e Peões conquistou a faixa de 1° Prenda Mirim do CTG Felipe Portinho. Atualmente Gabrielly dança na Invernada de Danças Tradicionais Mirim e participa também da oficina de Danças de Salão com o par Vitor Faé Barbosa. Também faz aula de canto. Juntamente com a Faixa de 1° Prenda Mirim veio à oportunidade de participar da Ciranda Cultural de Prendas da 7° Região Tradicionalista, onde ela está muito feliz em participar. Desse Concurso espera poder representar muito bem sua Entidade do coração que é o CTG Felipe Portinho, fazendo uma bela apresentação e colocando em prática tudo que aprendeu nesse período, pois está certa que independente de resultados levara sempre consigo muitos conhecimentos que adquiriu e novas amizades que fez ao longo da sua Gestão como 1° Prenda Mirim do CTG Felipe Portinho da cidade de Marau /RS.

Bernardo Bolis Matos, 11 anos, iniciou sua trajetória tradicionalista como Piazito do CTG Sentinelas do Pago na gestão 2011/2012; Ingressou na invernada pré-mirim do CTG Felipe Portinho no ano de 204; Foi 1º Piazito do CTG Felipe Portinho na gestão 2015/2016; Campeão do Enartinho 2016 com a invernada pré-mirim do CTG Felipe Portinho; 1º Piá do CTG Felipe Portinho gestão 2016/2017; 2º Piá do CTG Felipe Portinho gestão 2017/2018; Em 2018 passou a fazer parte da invernada mirim do CTG Felipe Portinho; 1º Piá do CTG Felipe Portinho na gestão 2018/2019. Para o 32º Entrevero Cultural de Peões, Bernardo afirma: “Espero bem representar nosso CTG e se Deus permitir trazer uma colocação”.

Pablo Trampusch Gaio, 19 anos, começou a participar das atividades no CTG Felipe Portinho em 2016, na invernada juvenil, onde teve a oportunidade de dançar vários rodeios e um Juvenart. Um pouco antes de fazer 18 anos, entrou na invernada adulta, onde também participou de outros rodeios e do Enart pela primeira vez. Devido ao interesse em aprender mais sobre a nossa cultura, decidiu participar no ano de 2018 do concurso interno, onde conquistou o cargo de Peão Farroupilha do CTG Felipe Portinho. Após passado o concurso, vieram novas responsabilidades, como promover eventos, dar palestras, estar presente no Congresso Tradicionalista, dentre outras. Durante esse ano, passou a frequentar a oficina de declamação do CTG com o professor Sidi Negrinho Richter, onde declamou pela primeira vez no rodeio de Lagoa Vermelha. Também passou a participar das oficinas campeiras com os professores Paulo da Costa Lamaison e Diony Francio. “Chegando ao fim dessa gestão, posso dizer que ser Tradicionalista me fazer sentir realizado, de maneira que mal posso expressar com palavras. Foi uma gestão de muito aprendizado, e independente do resultado do Entrevero em sua fase Regional, o que realmente importa pra mim é cada conhecimento adquirido, cada amigo que levo pra vida hoje, cada lugar que conheci que fazem parte da nossa história, o amadurecimento que tive nesse período de tempo. Para concluir, deixo meus mais sinceros agradecimentos a toda família que é o Felipe Portinho, que sempre nos apoiou e auxiliou diante de cada atividade realizada”, afirma Pablo.

Caroline Ribeiro Xavier, 24 anos, Engenheira Agrônoma formada em 2018 pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Campus Sertão, iniciou sua trajetória tradicionalista no ano de 1999, quando realizou sua primeira apresentação junto à invernada de danças tradicionais Dentinho de Leite, do CTG Sentinelas do Pago. No ano de 2005 conquistou o primeiro título junto à entidade e a partir daí começou a sonhar com as Cirandas Culturais de Prendas. Na 37ª Ciranda Cultural de Prendas, em sua fase regional, na cidade de Passo Fundo sagrou-se 1ª Prenda Mirim da 7ª Região Tradicionalista, Gestão 2006/2007. Já no ano de 2010, durante a 41ª Ciranda Cultural de Prendas, conquistou o título de 1ª Prenda Juvenil da 7ª Região Tradicionalista, Gestão 2010/2011. No ano de 2013 ingressou na invernada adulta do CTG Felipe Portinho, participando, inclusive, do 43º Festival de Folklore Nacional de San Bernardo, no Chile, representando o Brasil e o Rio Grande do Sul, junto com o grupo Adulto da entidade. Entretanto, no ano de 2018, encarou o seu maior desafio: de retomar a busca pelo sonho de conquistar mais uma Ciranda Cultural de Prendas. Após sua formatura, participou do concurso interno do CTG Felipe Portinho e sagrou-se 1ª Prenda da Entidade, Gestão 2018/2019. Título que a oportunizará participar da Fase Regional da 50ª Ciranda Cultural de Prendas. Caroline irá à busca do título perante a 7ª Região Tradicionalista e seus 42 municípios, concorrendo com mais 06 prendas de cidades vizinhas. Carregando uma bagagem cultural e familiar, pretende bem representar o CTG Felipe Portinho e orgulhar a todos aqueles que lhe desejaram o êxito e torcem pelo seu sucesso neste retorno à Ciranda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *