Cervejas terão que detalhar ingredientes nos rótulos

16 de novembro de 2018 • Saúde, Últimas Notícias • Visualizações: 385

Se você costuma ler rótulos de cervejas, já deve ter visto palavras confusas como “cereais não maltados”, “xarope” e “gritz”. De acordo com uma nova norma do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no entanto, isso não poderá mais acontecer.

Publicada nesta sexta-feira (16) no Diário Oficial da União, a medida prevê que as empresas produtoras passem a detalhar os ingredientes utilizados na fabricação. “Fica estabelecida a obrigatoriedade de constar, de modo claro, preciso e ostensivo, na rotulagem de cervejas, as informações que indiquem os ingredientes que compõem o produto”, diz o texto.

Sendo assim, expressões genéricas como “cereais não maltados ou maltados” precisarão ser substituídas pela especificação dos nomes desses cereais e matérias-primas efetivamente utilizados, pontuando, na respectiva proporção, a existência de arroz, trigo, milho, aveia, triticale, centeio, sorgo ou outros.

Além disso, a norma cita alguns exemplos: gritz de milho será denominado “milho”, quirera de arroz será denominado “arroz”, xarope de milho de alto teor de maltose (high maltose) será denominado “milho”, amido de mandioca será denominado “mandioca”, e amido de milho será denominado “milho”.

As empresas terão prazo de um ano para se adequar às novas regras – válidas para produtos nacionais e importados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *