Trator é perseguido por viaturas da Brigada Militar em Antônio Prado

10 de novembro de 2015 • Polícia, Últimas Notícias • Visualizações: 1781

“Isso é uma ocorrência inusitada, jamais pensei em ver”, disse policial militar que participou da perseguição a um trator na tarde de segunda-feira (09) em Antônio Prado – RS.

O fato aconteceu por volta das 15h quando o proprietário da máquina, um homem de 51 anos e seu filho de 22, ameaçaram a Brigada Militar e ofenderam com palavras de baixo calão. Ambos moradores do interior do município.   Entenda o caso Pela manhã, por volta das 11h, o jovem veio para a cidade com o veículo da família, um Fusca. Em abordagem de rotina pela polícia foi constatado que o licenciamento do automóvel estava vencido desde 2011, o que determinou o recolhimento. Indignados com o fato, pela tarde, pai e filho se deslocaram de trator para “tirar satisfação”, estacionando a máquina agrícola em frente ao quartel da BM.

Segundo os próprios PMs, ofendendo e ameaçando os soldados que estavam no prédio. Quando receberam ordem para descerem do trator, empreenderam em fuga. Com uma viatura, a BM iniciou a perseguição pela Av. Presidente Castelo Branco, passando pela Av. Valdomiro Bocchese, no Centro. Testemunhas ouvidas pela Polícia Civil afirmam que o trator andava em ziguezague na Avenida para impedir a passagem da viatura e desobedecendo as ordens para parar. Acionados pelo rádio comunicador, outra viatura com mais policiais tentaram fazer o cerco, porém, o jovem, que era condutor, não demonstrava que iria parar a máquina ameaçando inclusive colidir com os veículos.

A perseguição só terminou no entroncamento da Av. Valdomiro Bocchese com a Rua Camilo Marcantônio, quando os policiais enfim conseguiram que o condutor parasse. Não satisfeito com o fato, segundo a polícia, o homem ameaçou atropelar os policiais. Nesse momento, o Sargento Xavier tentou imobilizar o condutor e foi agredido com um soco no rosto, inclusive quebrando os óculos.

Após dominado o condutor, o pai do jovem, acabou mordendo o braço do policial. Outro PM que participou da ação acabou usando o cassetete para poder defender o colega da agressão. Atingido na cabeça, o homem foi algemado. Segundo a versão de um espectador, que não quis se identificar, o policial teria batido na cabeça do homem contra os paralelepípedos. Versão que foi desmentida pelo Sargento e pelo comandante da Brigada Militar, Tenente Cesar Antonello, que também participou da ação. “Eu peguei a cabeça dele e encostei na perna para estancar o sangue, ele estava com a cabeça deitada sobre minha perna”, esclarece o Sargento, que estava com a farda suja de sangue na coxa. Com a chegada do SAMU, o homem ferido foi encaminhado para o hospital São José, o filho foi posto na viatura policial.

Após atendimento, pai e filho foram encaminhados para a delegacia de polícia para registro de ocorrência. De acordo com informações extraoficiais obtidas pela reportagem, os envolvidos afirmaram que não obedeceram as ordens de parar, porém negaram as agressões.

Após ouvidos na Polícia Civil, pai e filho foram liberados.

Fonte: Ronei Marcilio

Foto: Marlise Manski

Tags,

One Response to Trator é perseguido por viaturas da Brigada Militar em Antônio Prado

  1. Eddie disse:

    Robson Dourado • 17 de Dezembro de 2010 às 18:12 esse eH para imagem destacada nao para miniatura …Bom … foi o Q apareceu no meu …Mais bom post … vlw a inaiiitcva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *